Category Link Building

É preciso esclarecer pontos importantes sobre link building para que as expectativas da sua estratégia estejam dentro dos resultados reais

O universo do link building é repleto de mitos e assuntos tratados como tabus. A verdade é que a maioria dos profissionais tem muito receio de abrir as metodologias que utilizam para angariar links de qualidade. Um dos motivos para isso é a preponderância da ideia de que links só devem ser obtidos naturalmente.

Entre tantas questões, existe um ponto inquestionável: links são fundamentais para que o seu site possa conquistar as melhores posições nas páginas de Google. E não são poucos os estudos que comprovam isso. 

Para saber mais, confira o nosso post que aborda uma pesquisa realizada pelo Backlinko:

https://www.expertamedia.com.br/o-impacto-dos-backlinks-no-ranqueamento-no-google/

Mas voltando ao processo do link building. Será que todos os nichos têm o mesmo potencial de obter backlinks? E os sites novos? Eles devem ser considerados? Devo ficar observando meu concorrente obtendo links enquanto não consigo emplacar um conteúdo que comece a receber links?

Neste post, vamos ser transparentes e mostrar como essa ideia de ganho natural de backlinks pode te impedir de disputar as melhores posições. 

Confira alguns tópicos que você irá desvendar durante a leitura:

  • Nem todos os sites estão interessados no seu conteúdo
  • Alinhamento dos objetivos de marketing com os objetivos do link building
  • Link building é complexo
  • Link building não é barato
  • Marketing de conteúdo não é link building

Grandes sites geralmente não querem linkar para você

Recentemente, o Google fez uma importante alteração nos atributos dos links, ou seja, mudou as regras de como a autoridade é passada de um site para outro.

Para entender os detalhes sobre essas mudanças, confira este post especial:

https://www.expertamedia.com.br/links-nofollow-sponsored-e-ugc/

Uma das novidades que mais chamaram a atenção foi o fato de os links “nofollow”, que anteriormente não passavam autoridade, se tornarem uma dica para o Google.  Isso significa que, em alguns casos, eles podem sim ser considerados.

O que queremos destacar neste artigo é o motivo pelo qual o Google fez essas alterações. De acordo com especialistas de SEO, grandes sites e veículos de notícia adotam como padrão o uso do atributo nofollow para os links externos . O excesso desse uso acabou prejudicando o rastreamento das páginas pelos robôs do Google. 

Apesar de, a partir de agora links com atributo nofollow passarem a ser considerados como dica para o Google levar em conta os sites para os quais os links apontam, esse cenário nos diz mais. A verdade é que a maioria dos sites de notícias, conteúdos e grandes blogs não estão interessados em passar autoridade para o seu site. Mesmo que o seu conteúdo seja incrível.

Se você está em um cenário competitivo, backlinks provenientes de grandes portais e blogs são um diferencial. Um dos motivos é bem óbvio.  A maior parte deles possui uma excelente autoridade. 

Neste momento você deve estar se perguntando: se esse tipo de site não quer me passar autoridade, será que realmente vale a pena investir tempo produzindo um conteúdo relevante para no final não ser reconhecido?

A resposta é: sempre vale. Atualmente, ainda mais, já que os links nofollow passaram a ser contados como dicas. O maior problema vai ser se esses veículos decidirem marcar os links com o novo atributo, rel=sponsored. Nesse caso, retornaremos ao problema inicial.

Além disso, existe um outro desafio, que é rodar o processo de link building com recorrência. Ou seja, para que o processo de construção de autoridade seja efetivo, é preciso fazer com que uma página ou site sempre esteja recebendo bons backlinks.

A solução:

As agências de link building estão ganhando mais espaço no mercado. Uma das razões se deve ao amadurecimento do mercado digital e dos profissionais de conteúdo, que passaram a aprofundar os conhecimento de SEO, especialmente os jornalistas e assessores de imprensa.

Esses profissionais investem parte dos seus esforços em relacionamento. Por isso, conseguem conquistar uma quantidade backlinks dofollow com recorrência e em sites com boa autoridade. 

As agências sabem exatamente o tipo de conteúdo que devem produzir para garantir os melhores links para seu site, mesmo nos nichos mais difíceis. Além disso, elas contam com equipe e ferramentas para executar e mensurar resultados.

Entenda quais são os objetivos de link building e quais são seus objetivos de marketing

O link building pode te ajudar em duas frentes: 

  • conquistar as melhores posições nas páginas do Google para as palavras-chave que realmente importam para seu negócio. 
  • Obter reconhecimento de marca por meio da divulgação dos seus produtos e serviços em bons veículos de notícias.

Entretanto, você precisa compreender qual é a sua prioridade para começar. Caso seja o ranqueamento, é importante ter em mente que o foco de quem é responsável pelo seu processo de link building deverá ser encontrar veículos com autoridade. Muitas vezes, esses veículos podem não corresponder à sua expectativa por não serem do 'mainstream'.

Se o seu objetivo for o reconhecimento de marca, o foco da equipe estará em distribuir pautas para veículos mais nichados e influenciadores. 

Muitas vezes, as publicações não serão inseridas em sites com grande autoridade, mas irão dialogar com seu público-alvo.

É possível mesclar as duas estratégias?

O ideal é que sim. Mas tenha em mente que, em um momento ou outro, uma delas irá sobressair. Por isso é tão importante contar com uma equipe capaz de mensurar e acompanhar os resultados de forma eficaz e realista.  

Se você quer fazer link building com recorrência, precisa ter uma equipe pensando, planejando e executando. 

Como explicamos acima, um dos maiores desafios do link building é fazer com que os links não parem de chegar às suas páginas. 

Links devem ser monitorados todo o tempo. O impacto deles no tráfego deve ser cruzado com o ranqueamento das palavras-chave que realmente impactam no seu negócio.

Além disso, detalhes como os textos-âncora e a naturalidade com que eles aparecem nas publicações precisam ser checadas regularmente para que não coloquem a sua estratégia em risco. Além disso, todo o seu conteúdo precisa ser relevante e contextualizado.

É importante ressaltar que se você não tomar cuidado, seus links podem ser vistos de forma negativa pelo Google.

Acho que aqui já fica nítido que você vai precisar de uma equipe para te ajudar com todos esses passos. Você também pode dedicar uma parte do seu tempo para traçar esse processo.  O importante é não deixar de fazê-lo.

Com o link building você pode ter resultados a curto, médio e longo prazo, mas nada é garantido

Ao conversar com dezenas de pessoas que nos procuram para implementar uma estratégia de link building, um dos pedidos mais frequentes que recebemos é para dizer "quais são os resultados garantidos".

Se você realmente deseja encontrar empresas e profissionais que realizem um trabalho sério e seguro, fuja daqueles que te oferecem esse tipo resposta:

“Garantimos as melhores posições no Google.”

“Garantimos a primeira posição no Google.”

“Garantimos aumento no tráfego do seu site.”

O que podemos afirmar até o momento é: os links tem um forte impacto na maneira como o Google seleciona os sites que ocuparão as melhores posições nas suas páginas.  

Entretanto, também sabemos que são inúmeros os fatores que determinam essa seleção e os links são apenas alguns deles. 

Além de todos os fatores on-page, é importante lembrar que você também tem concorrentes e eles estão trabalhando. Talvez, até mais do que você. 

A mescla de todos esses itens é o que nos impede de dizer em quanto tempo você obterá os resultados que deseja. Mas com nossa experiência, podemos dizer que existem empresas que conseguem excelentes resultados tanto a curto, médio e, principalmente, a longo prazo.

Link building não é barato

Link building é estratégia. Por isso, exige-se que nela estejam englobadas ações de SEO, assessoria de imprensa, jornalismo e marketing de conteúdo.

Além disso, a implementação do trabalho exige colocar em prática uma série de conhecimentos especializados para subsidiar a tomada de decisões. 

Por estes motivos, um projeto de link building deve ser valorizado. Desconfie das ofertas que prometem uma grande quantidade de links a preços módicos.

Marketing de conteúdo não é link building

Este é um ponto que pode fazer muitos profissionais do marketing torcerem o nariz. Isso porque existe uma repetição da ideia de que produzir conteúdo de qualidade para o seu site irá automaticamente fazer com que ele receba links.

Sabemos que os próprios representantes do Google costumam divulgar essa informação. Mas nos sentimos seguras em dizer que:

Somente produzir conteúdos  incríveis para o seu blog não será suficiente para obter links com recorrência.

E podemos dizer mais. Marketing de conteúdo é uma excelente estratégia para atrair visitas para o seu site, mas nem sempre será suficiente para atrair tráfego qualificado.

Por mais que você produza os conteúdos mais interessantes de acordo com o seu nicho, ranquear nas primeiras páginas do Google para as palavras-chave que realmente importam, vai exigir um esforço maior. O link building e o SEO devem estar incluídos nessa tarefa.

Saber divulgar seu conteúdo para os jornalistas e influenciadores certos, apontando links para as páginas que realmente importam para o seu negócio, pode ser o diferencial que você procurava para ter uma estratégia com resultados ainda mais relevantes.