Category Link Building

Saiba qual a média de investimento em link building para incluir no orçamento da sua estratégia de SEO

O link building é um dos pilares de uma estratégia de SEO bem estruturada.  Trata-se de um conjunto de práticas para aquisição de links vindos de outros domínios sem as quais é quase impossível gerar autoridade para um site e, consequentemente, alavancá-lo a um bom posicionamento na SERP (páginas de resultados do Google).

Essas práticas requerem conhecimento, estudo de caso e análise. Pode parecer fácil de fazer, mas é igualmente fácil de cair em engodos e táticas furadas que podem ter o efeito inverso ao que você espera.

Os motores de busca penalizam sites que descumprem suas regras básicas. Sendo assim, o ideal é buscar ajuda de profissionais especializados para desenhar o caminho da autoridade do seu site junto com você.

Custa caro fazer link building?

ilustração que representa uma mulher no computador envolvida com gastos
fonte: freepik.com

Essa é a pergunta que não quer calar, mas antes de respondê-la, precisamos entender todo o contexto desse tipo de serviço.

Neste artigo você vai aprender:

  • A importância dos backlinks para o SEO
  • O que é link building
  • Como se faz link building
  • Importância do conteúdo
  • O que não fazer para conseguir backlinks
  • Quanto custa fazer link building

Links: o começo de tudo

Antes de falarmos do link building propriamente dito, precisamos contextualizar. Aliás, tenha em mente que contexto é fundamental para o link building.

Quando tudo na internet era mato, os motores de busca utilizavam apenas o conteúdo e palavras-chaves para classificar um site.

Com o tempo perceberam que os produtores de conteúdo estavam aplicando palavras-chaves ao longo do artigo sem nenhum contexto (olha ele aí), prejudicando a experiência do leitor.

Foi aí que o Google entrou mudando as regras do jogo e passou a usar os links como indicativos de autoridade de um site. Cada link direcionado representava um voto de confiança naquela página.

Funcionava de uma forma bem rudimentar: quanto mais links, mais autoridade. Acontece que essa regra acabou desencadeando uma série de ações desonestas sobre as quais falaremos adiante.

Por ora basta saber que os links foram usados de forma aleatória e o Google trouxe uma nova atualização no seu ranqueamento. Motivado, mais uma vez, pela falta de contexto (eu disse que era importante, né?).

Desde então, os famosos robôs do Google passaram a rastrear a web em busca de conteúdos de qualidade que atendam à demanda do usuário. Para fazer isso ele usa os links como uma ponte entre a pergunta do usuário e os conteúdos disponíveis na rede.

Precisamos lembrar que o Google não quer privilegiar empresas, o foco é sempre na experiência do usuário. E isso precisa ser repetido à exaustão.

Todo produtor de conteúdo precisa ter cravado na mente que tudo na web tem que mirar no usuário. A intenção tem que ser sempre altruísta: ajudar quem está lendo a sanar uma dúvida.

O que é link building, no fim das contas?

ilustração de uma mulher pensativa trabalhando em seu laptop sob uma escrivaninha
fonte: freepik.com

Agora que você já sabe como a coisa toda começou, vai ficar mais fácil entender o que, exatamente, é o link building.

Já sabemos que os hiperlinks são importantes para que o Google veja o nosso site e entenda que ele traz informação de qualidade e que o conteúdo tem relevância, certo?

Acontece que já diz o ditado “precisa ser visto para ser lembrado”. Dessa forma, quanto mais conseguirmos apontamentos para o nosso site, melhor.

Mas...

Não é só conseguir qualquer backlink. Como vimos, essa época já passou.

Precisamos encontrar sites alinhados ao nosso negócio e ao nosso público.

Enfim... Precisamos contextualizar o conteúdo que produzimos. Daí a importância de encontrar profissionais capazes de identificar os melhores parceiros para conquistar backlinks de qualidade.

E é disso que se trata o link building: um conjunto de práticas que visam a conquista de backlinks vindos de sites qualificados e relevantes. Ou seja: é a ponte entre o nosso conteúdo e o robô do Google.

Como se faz link building?

ilustração de laptop conectando a 3 páginas suspensas
fonte: freepik.com

Infelizmente o link building é uma estratégia negligenciada por muitos profissionais de marketing, mas não deveria ser.

A primeira coisa a se ter em mente é que essa é uma ferramenta de comunicação da marca. O que isso significa?

Ao ter um link alocado em determinada página, a marca está passando a sua mensagem para os leitores daquele veículo. E como tudo o que está ligado à comunicação, é um processo de médio e longo prazo.

Não espere vendas imediatas no primeiro backlink qualificado que conseguir. O resultado virá com o tempo e a solidez da estratégia desenvolvida.

Como já sabemos links são a base o link building. Há dois tipos importantes:

  • Sinais sociais ou da base: criação de perfil em redes sociais, comentários em blogs e pelo Google Meu Negócio.
  • In content: aqueles inseridos dentro de textos que direcionam para outro site e que realmente impactarão nos seus resultados de SEO.

Os primeiros sinalizam para os motores de busca que o negócio é real, feito por pessoas de verdade. Já o segundo é o responsável por mostrar que você domina sua área de atuação, que tem Know how naquele assunto.

Para conseguir espaço em veículos que já têm credibilidade será preciso uma pesquisa para definir quais linhas editoriais estão alinhadas ao posicionamento da sua empresa.

Feito isso é hora de se relacionar com produtores de conteúdo, editores, chefes de redação e repórteres desses sites parceiros.

 É o relacionamento aliado ao bom conteúdo que vai lhe ajudar a conquistar parceiros de peso para o seu plano de ação.

Conteúdo: a alma do negócio

ilustração de um laptop com uma folha com texto na frente e uma mulher sentada
fonte: freepik.com

Se você já definiu os veículos ideais para o seu negócio, já fez o relacionamento e acha que é só mandar o link da home do seu site que estará tudo certo.

Calma! Muita calma nessa hora porque não é bem assim.

Para o link building ser bem feito, um bom conteúdo é fundamental.

Estamos em 2020, um tempo em que o jornalismo profissional está em descrédito, as redações estão cada vez mais enxutas e os jornalistas sobrecarregados.

A oferta de um material já pronto, bem escrito, coeso e contextualizado vai parecer um oásis no meio do deserto. E como fazer isso?

Estando atento às notícias do seu setor e às demandas do seu público. O conteúdo oferecido para os sites noticiosos precisam ser originais, bem feitos e relevantes para o leitor.

A linguagem e o tom de voz precisam ser adequados e o texto precisa seguir o formato jornalístico para que tenha uma boa aderência.

Saiba o que não fazer

ilustração de uma mão com o polegar apontado para baixo, indicando um sinal negativo
fonte: flaticon.com

Se você está lendo este artigo porque quer conquistar autoridade para o seu site é importante estar atento ao que o mercado oferece.

Há muito profissional de marketing oferecendo soluções milagrosas como garantir aumento de tráfego, conquista de links etc.

Se um desses se aproximar de você, fuja! É cilada!

Existem algumas práticas que eram muito utilizadas lá nos primórdios da web que continuam sendo vendidas como garantia de resultados, mas já foram banidas pelo Google há muito tempo.

Lembra que falamos lá em cima sobre as mudanças no algoritmo? Então, isso está ligado a essas promessas milagrosas que são baseadas nas seguintes técnicas ultrapassadas:

  • Black Hat: compra automática de backlinks (entre outras práticas)
  • Link Farm: conjunto de sites muito bem elaborados que cobram por posts
  • Guest Post: publicações em sites de terceiros como convidado

Só existe um jeito certo de comprar backlinks , que é contratando uma agência especializada que vai lhe entregar links baseado em planejamento estratégico e técnicas de SEO.

Quanto custa fazer link building?

Se você quiser arriscar apostando nessas estratégias acima pode pagar cerca de R$ 60 para comprar links e entre R$ 100 e R$ 300 se preferir usar de link farms.

Mas, você vai correr o risco de ser penalizado pelo Google. O buscador é bem rígido quanto ao descumprimento de suas diretrizes.

feito por Experta Media

Como vimos, o link building requer cuidado, conhecimento, planejamento e atenção. E tem muito profissional capacitado para fazer esse trabalho de forma honesta e coerente no mercado.

Mas isso tem um custo. Aqui, na Experta, é possível começar um projeto desses por R$ 1.200, por exemplo.

Mais do que nunca a área de comunicação da sua empresa precisa ser considerada como um investimento e não como gasto. Virar essa chave vai lhe ajudar a chegar aonde quer.

Conclusão

O link building evoluiu ao longo do tempo, tornando-se ainda mais importante dentro de estratégias sólidas e seguras de SEO.

Os algoritmos dos motores de busca estão cada dia mais inteligentes e capazes de reconhecer artimanhas artificiais para conquistar backlinks.

Dessa forma, qualquer empresa que deseje ter uma presença forte na web precisa ter conhecimento de marketing digital e de práticas sérias para gerar autoridade.

Conteúdos originais, bem escritos e relevantes são o ponto mais importante do link building, portanto, é preciso um bom repertório, conhecimento das regras gramaticais, adequação ao tom de voz do veículo parceiro, criatividade e comprometimento.

Um bom produto que use a web e as redes sociais para se promover por meio de link building tem tudo para ser sucesso de vendas em longo prazo.