“Conteúdo útil”: tudo sobre a atualização do Google que prioriza as pessoas

Google’s Helpful Content Update dá preferência a conteúdos ricos, criados por pessoas e para pessoas. Saiba mais!

Última atualização:

16 de novembro de 2023

Índice

    O Google segue ditando as regras do jogo para quem trabalha com internet e ranqueamento. Em agosto de 2022, a gigante das buscas anunciou uma nova atualização que, ao que tudo indica, é uma das mais importantes até o momento. O novo update recebeu o nome de Google’s Helpful Content Update, que em tradução livre significa “Atualização de Conteúdo Útil do Google”. 

    A implantação do update ocorreu entre 5 de dezembro de 2022 e 12 de janeiro de 2023, estando atualmente em pleno funcionamento.

    O buscador traz uma mudança no algoritmo que valoriza a produção de conteúdos originais e aprofundados que forneçam uma experiência positiva ao usuário. Com esse novo cenário, os profissionais de SEO (Search Engine Optimization) terão que se concentrar em criar artigos úteis para seus leitores, a fim de alcançar um bom ranqueamento. 

    Com tantas atualizações do Google, pode ser difícil acompanhar a fundo o que cada uma delas aborda, o que é indispensável para toda agência de marketing digital. Por esse motivo, preparamos um conteúdo especial para te ajudar a entender os principais pontos do Google’s Helpful Content Update. Confira! 

    O que é conteúdo útil do Google?

    A nova atualização do Google se baseia em torno do conteúdo útil. Mas, afinal, o que é isso? Esse tipo de conteúdo é aquele que cria uma experiência positiva ao usuário, proporcionando informações e esclarecimentos sobre determinado assunto. 

    Ao fazer uma busca no Google, as pessoas pretendem encontrar uma resposta para o que procuram. Por exemplo, se o intuito é aprender a fazer um bolo de cenoura, o conteúdo útil para essa questão é aquele que fornece uma receita clara e completa sobre como fazer esse prato. 

    Para determinar o que é um conteúdo útil ou não, o Google usa uma inteligência artificial para medir a qualidade dos artigos. Durante a análise, a IA busca entender se aquele texto responde às perguntas do usuário, se cumpre o que promete e se fornece informações verdadeiras

    Se todos esses e outros aspectos forem respeitados ao longo do artigo, esse conteúdo será classificado como útil e terá um destaque maior nas buscas da plataforma.

    Conteúdos people-first

    Como vimos, um conteúdo útil é aquele que tem como principal objetivo responder às dúvidas do usuário para lhe proporcionar uma experiência autêntica. Por esse motivo, a atualização Google’s Helpful Content Update, também é chamada de Google’s People-First Update. 

    People-first” é a ideia de que os artigos devem ser escritos por pessoas para pessoas, a fim de fornecer informações ricas sobre um determinado assunto. A grande problemática encontrada pelo Google que motivou essa nova atualização é que muitos conteúdos publicados na internet não seguem esse padrão, ou seja, trazem informações de baixa qualidade e se preocupam única e exclusivamente em ranquear bem na plataforma. 

    Dessa forma, a nova atualização vem para solucionar esse problema e também ajudar a melhorar a experiência do usuário, já que irá priorizar conteúdos informativos, ajudando a aumentar a visibilidade deles.  

    O que são textos criados para ranquear?

    Durante muito tempo, as páginas na web se preocupavam apenas com algumas práticas específicas estabelecidas pelo SEO para obter tráfego orgânico, como, por exemplo: 

    • Repetição da palavra-chave no primeiro parágrafo;
    • Utilização de variações da palavra-chave ao longo do texto; 
    • Inserção de três links internos no conteúdo.

    Essas práticas de otimização são bem vistas pelo Google, mas com o passar dos anos, acabaram tornando-se um problema para os redatores, pois, em alguns conteúdos, era preciso sacrificar a qualidade do texto para se adequar a elas

    Isso acabou fazendo com que muitos conteúdos na internet tivessem o foco apenas nas práticas de SEO, diminuindo significativamente a riqueza das informações do texto. Com isso, muitos usuários encontram artigos que: 

    • Não respondem às perguntas do título;
    • Prometem informações e não as trazem ao longo do texto;
    • Falam de assuntos diferentes do que é proposto;
    • Abordam tendências da internet mesmo que o assunto não tenha a ver com a temática do site; 
    • Trazem informações plagiadas de outros veículos.

     Esses conteúdos são normalmente feitos considerando o SEO-first, deixando totalmente de lado a ideia de que esse artigo será lido por uma pessoa e não apenas pelo algoritmo do Google. 

    Penalidades previstas na atualização de conteúdo útil

    Homem aponta para a frente, em direção a um elemento gráfico que remete ao campo de busca do Google

    Sendo assim, as práticas de SEO continuam sendo importantes, mas precisam ser utilizadas em equilíbrio para garantirem a qualidade da informação presente no conteúdo. A nova atualização vem para alertar os profissionais de SEO e penalizar quem não agir conforme as novas diretrizes da plataforma. 

    Embora haja poucas informações sobre a penalidade para os sites que não se adaptarem à elaboração de conteúdos úteis, acredita-se que o Google fará um downgrade algorítmico em páginas que ele considere inúteis, visando a melhoria na qualidade dos conteúdos. 

    Sites determinados pela plataforma, com uma quantidade relativamente alta de artigos considerados inúteis, terão a probabilidade menor de ter um bom desempenho nos resultados. Assim, será possível notar uma mudança no tráfego e também em outras métricas do site. 

    Sites de quais áreas serão mais atingidos? 

    A nova atualização irá atingir diferentes nichos e causará penalidades “significativas” nos sites, conforme relatou o próprio Google. No entanto, algumas áreas podem perceber um impacto mais expressivo, tais como: 

    • Educação;
    • Entretenimento;
    • Compras;
    • Tecnologia.

    Acredita-se que esses tipos de conteúdos necessitam de informações precisas e verdadeiras para que o artigo seja útil ao usuário. Além disso, há uma série de textos na internet dentro dessas áreas que informam e indicam produtos e serviços com base no feedback de terceiros, não sendo uma opinião e orientação própria do portal. 

    Dicas para fazer um conteúdo útil

    Mas afinal, como fazer um conteúdo útil? Segundo o Google, antes de fazer um artigo para a internet, todo profissional de SEO deve se questionar sobre seis aspectos para saber se está no caminho certo. Confira quais são a seguir. 

    Você tem um público-alvo que acharia o seu conteúdo útil se chegasse diretamente a ele?

    O primeiro questionamento levantado pela plataforma diz respeito à área de especialização e assunto principal de um site. Isso porque, ao criar um conteúdo para internet, pensando no ranqueamento, muitos profissionais aproveitam temáticas de fora do próprio nicho para ranquear nas pesquisas. 

    Por exemplo, se o seu site fala sobre tecnologia e você vê a oportunidade de capitalizar com uma palavra-chave ou assunto relacionado a cuidados com a pele, a nova atualização do Google certamente irá te penalizar. 

    Isso porque, apesar de o artigo ser rico em informações, é impossível que o público que visita o seu site constantemente, esperando por conteúdos de tecnologia, ache ele útil. 

    É sempre importante lembrar que o conteúdo deve ser escrito para o usuário e não para seguir tendências ou ganhar tráfego

    Seu conteúdo demonstra um conhecimento aprofundado sobre uma experiência vivida por você (experiência própria sobre usar um produto, serviço ou de ter visitado um lugar)?

    Uma prática comum nos artigos presentes na internet é a indicação de produtos, serviços e lugares que não são de experiências próprias do escritor. Esse é um tipo de conteúdo que o Google não considera útil, e por esse motivo, pode sofrer penalização com a nova atualização. 

    A plataforma quer que os artigos demonstrem valor e tenham informações em primeira mão para o usuário. O que não ocorre quando a principal preocupação é o ranqueamento nos mecanismos de busca. 

    A recomendação do Google é que os conteúdos forneçam opiniões de experiências reais e não um aglomerado de informações de terceiros para seguir tendência.

    O seu site tem um foco principal ou propósito? 

    Outro questionamento apontado pela plataforma é sobre os nichos dos sites. De acordo com o Google, um veículo não pode ser tudo para todas as pessoas, ele precisa ter uma temática principal

    Portais que falam de diferentes assuntos ao mesmo tempo podem não fornecer conteúdos úteis ao usuário e ainda são confusos para os mecanismos de pesquisa entenderem sobre do que eles se tratam. 

    A orientação da plataforma é que os veículos construam um site em torno de uma área específica e caso queiram falar de outros assuntos, é só criar novos sites. Simples, né? 

    Após ler o seu conteúdo, o usuário sairá sentindo que aprendeu o suficiente sobre o tema para atingir seu objetivo?

    Com esse questionamento, o Google reforça que o conteúdo útil é aquele que ensina algo para o usuário ou o ajuda a realizar uma tarefa. É focando nisso que os artigos na internet devem ser produzidos para não serem penalizados pela atualização.

    Aqueles conteúdos com foco apenas no ranqueamento normalmente são longos e não costumam informar utilidades ao usuário. Dessa forma, ao escrever um artigo para o público, você deve ajudá-lo a: 

    • Responder uma questão;
    • Resolver uma preocupação;
    • Sanar uma dúvida ou curiosidade.

    Alguém lendo o seu conteúdo terá a sensação de ter tido uma experiência satisfatória e positiva?

    Segundo o Google, um conteúdo útil é aquele que soluciona todas as dúvidas do usuário e proporcionam a ele uma experiência positiva. Quando um artigo é bem escrito e fornece as informações necessárias, o usuário não precisará buscar por outras opiniões sobre o assunto. 

    Nessa ideia, reforça-se que não há a necessidade de atingir certas metas de tamanho de texto para se encaixar no que a plataforma considera útil. Um bom conteúdo não necessariamente precisa ser longo para ser informativo e ajudar o usuário com suas questões. Às vezes, ele será curto e irá fornecer uma experiência mais satisfatória ao leitor quando comparado a textos extensos. 

    Além disso, é sempre importante lembrar de satisfazer o leitor por completo. Não se deve deixá-lo querendo mais, por esse motivo, apostar em informações precisas, fotos e vídeos pode ajudar a fornecer tudo o que o usuário necessita quando entra no seu conteúdo. 

    Seu conteúdo promete responder uma questão que, na verdade, não tem resposta?

    Uma problemática frequente na internet são os artigos que prometem diferentes informações ao usuário e no final não cumprem. Com esse questionamento, o Google alerta que sites que fizerem afirmações não factuais estarão na mira da nova atualização. 

    Ao escrever um conteúdo útil, é importante deixar claro ao leitor sobre o que ele irá ler, principalmente se for sobre algo inconclusivo ou rumor. 

    Agindo dessa forma, além de se manter fiel ao esperado pela atualização, você ainda ganhará a confiança dos seus leitores ao ser transparente nas informações. 

    Você está considerando as orientações para as atualizações principais e análises de produtos?

    Por fim, o Google lembra que as atualizações anteriores também devem ser respeitadas e se aplicam ao update de conteúdo útil. Dessa forma, se você já está seguindo as diretrizes principais e de análises de produto da plataforma, provavelmente você estará bem posicionado para se beneficiar das novas orientações. 

    Segundo o Google, se as respostas de todas essas perguntas acima forem “sim”, você terá um conteúdo útil em mãos e não precisará se preocupar com os impactos da nova atualização. 

    Vale lembrar que, além de priorizar a produção de um conteúdo útil, é importante utilizar as práticas de SEO recomendadas pelo Google. Isso significa que você deve produzir um conteúdo rico em informações utilizando o SEO para otimizá-lo, sem deixar de priorizar a experiência do seu usuário. 

    Conteúdo útil de qualidade é na Experta

    Para isso, você pode contar com a ajuda da Experta! Nosso time é composto por profissionais qualificados que escrevem conteúdos de qualidade e preparam o seu site para performar bem na plataforma. Entre em contato conosco e saiba como colocar e manter sua empresa nos primeiros lugares do Google!

    CONFIRA TAMBÉM