3 tendências de inteligência artificial no mundo do SEO

Conheça as tendências de inteligência artificial no SEO e entenda como essas mudanças afetam sua visibilidade on-line e o que elas podem fazer para maximizar o crescimento do seu negócio.

Publicado em: 29 de maio de 2024
Atualizado em: 29 de maio de 2024

A adaptação é rápida. Os mecanismos de pesquisa são mais rápidos. As tendências de inteligência artificial (IA) estão entrando no mundo do SEO.

Quando você pensa que já está a par das mais recentes práticas recomendadas de SEO, o Google lança outra atualização de algoritmo que o faz questionar sua estratégia. Manter-se no topo do jogo (e dos resultados de pesquisa) exige vigilância constante e adoção rápida das mais recentes táticas de SEO.

Felizmente, os estrategistas de SEO são rápidos em entender as mudanças e resumir o que funciona e o que não funciona. Manter-se atualizado com a liderança de pensamento do setor vai garantir que você possa se adaptar rapidamente e manter sua visibilidade orgânica.

Curioso sobre o futuro do SEO? Aqui estão as principais tendências tendências de inteligência artificial no mundo do SEO para ficar atento em 2024.

Topical authority (autoridade de tópico)

O SEO continua a evoluir em resposta a mudanças no algoritmo e no comportamento do usuário. Nesse cenário, o “topical authority” ganha cada vez mais destaque.

Também conhecido como autoridade de tópico, o topical authority consiste na capacidade de uma marca demonstrar autoridade e conhecimento em um determinado tópico. 

No contexto de SEO, a autoridade de tópico é importante porque ajuda os mecanismos de pesquisa a identificar o conteúdo mais relevante e com maior autoridade com base na consulta de pesquisa de um usuário. 

Na prática, trata-se menos de aumentar a “densidade de palavras-chave” (uma tática ultrapassada) e mais de estabelecer sua marca como uma fonte de informações úteis.

Digamos que você tenha uma empresa de software. Você poderia aumentar o topical authority da sua marca criando postagens de blog detalhadas que descrevem como usar seu software para resolver problemas comerciais específicos. Outra alternativa seria publicar tutoriais em vídeo que ajudem os usuários a navegar pela instalação, configuração e integrações do software. 

Ao fornecer conteúdo valioso sobre esses tópicos, você trabalha para estabelecer sua marca como uma fonte de informações de destaque.

Para melhorar a autoridade de tópico de uma empresa, você deve:

  • Identificar um tópico (ou tópicos) de nicho específico que esteja intimamente relacionado ao foco principal da empresa, em vez de tentar cobrir uma ampla gama de assuntos;
  • Usar ferramentas de SEO, como a ferramenta Topic Research da Semrush, para identificar tópicos e subtópicos relevantes em seu nicho;
  • Demonstrar autoridade com biografias de autores especializados, fontes confiáveis citadas e conteúdo bem pesquisado que atenda às necessidades e aos desafios dos usuários;
  • Obter backlinks de sites relevantes e respeitáveis, com foco em domínios de qualidade em vez de uma grande quantidade de domínios;
  • Manter o conteúdo atualizado com fontes mais oportunas, informações atualizadas e conexão com as últimas tendências e percepções.

De modo geral, os algoritmos dos mecanismos de pesquisa consideram os sites que demonstram topical authority como uma indicação de que a marca é uma fonte confiável e precisa de informações para os usuários, o que aumenta a probabilidade de classificação da marca para suas palavras-chave alvo.

Google Search Generative Experience (SGE)

A mais recente experiência do Google com IA generativa tem como objetivo simplificar a experiência de pesquisa, proporcionando aos usuários acesso mais rápido a informações relevantes. 

Apesar de estar em seus estágios iniciais, a Experiência Generativa de Pesquisa do Google (SGE) é uma das tendências de inteligência artificial que tem o maior potencial de reformular o SEO a longo prazo.

A SGE torna o conteúdo mais rápido, mais relevante e mais fácil de ser digerido pelos consumidores atuais, que têm pouco tempo. Embora os resultados da pesquisa pareçam mais ou menos os mesmos, o conteúdo é organizado de forma a permitir que as pessoas obtenham mais informações em uma única pesquisa.

Com a IA generativa na Pesquisa, as pessoas são capazes de:

  • Entender um tópico mais rapidamente;
  • Descobrir novos pontos de vista e insights;
  • Obter respostas para perguntas com mais facilidade;
  • Acessar links rápidos para conteúdo relevante;
  • Obter instruções de como fazer rapidamente;
  • Fazer perguntas mais complexas e descritivas.

Para testar o SGE, acesse o Chrome enquanto estiver conectado à sua Conta do Google, abra uma nova guia no Google, selecione o ícone “Labs” e ative “SGE, IA generativa na pesquisa”.

O que o SGE significa para os proprietários de empresas? 

Mesmo que o tráfego possa ser afetado negativamente (os usuários podem encontrar respostas mais rapidamente), o SGE também pode aumentar a capacidade da sua marca gerar leads mais relevantes. 

Isso porque os usuários ainda precisam pesquisar suas opções antes de fazer uma compra, portanto, no momento em que visitarem seu site, eles poderão estar em uma posição melhor para converter.

Além disso, somente os usuários que optaram por usar o SGE verão esses resultados gerados por IA. Portanto, suas estratégias usuais de SEO ainda vão funcionar, mas você deve ficar atento aos novos avanços nesse espaço.

Answer Engine Optimization (AEO)

A IA também está remodelando a pesquisa de outras maneiras. Com o surgimento dos “mecanismos de resposta”, tornou-se mais importante otimizar seu conteúdo para que ele responda mais rapidamente às consultas de conversação.

Dessa forma, o Answer Engine Optimization (AEO) ganha destaque como uma estratégia de otimização de conteúdo para fornecer respostas diretas e precisas às perguntas feitas por usuários em motores de busca e assistentes virtuais, como Google, Siri e Alexa. 

Os usuários querem encontrar respostas imediatas sem ter que clicar em uma página da Web. O Google sabe disso, por isso, sua caixa de respostas apresenta respostas e conteúdos de forma simples e digerível. Pelo mesmo motivo, você verá cada vez mais marcas organizando seu conteúdo em trechos menores e consumíveis.

Por exemplo, digamos que sua empresa venda dispositivos domésticos inteligentes. Uma pesquisa comum pode ser: “Como os termostatos inteligentes economizam energia?”. Em vez de criar apenas uma publicação no blog sobre os benefícios dos termostatos inteligentes, sua empresa pode criar uma seção de perguntas frequentes (FAQ) que responda diretamente à pergunta, usar a marcação de dados estruturados e ainda adicionar gráficos que chamem a atenção dos leitores.

Assim como o SGE, a otimização de mecanismos de resposta (AEO) é outra maneira pela qual a IA está sendo incorporada à pesquisa. 

O cenário de SEO está em constante evolução, exigindo uma rápida adaptação dos empreendedores para se manterem à frente da curva. 

Para garantir o crescimento sustentável e a visibilidade on-line, experimente estas etapas recomendadas para se adaptar de forma proativa às últimas tendências de inteligência artificial e integrar essas estratégias às suas práticas de SEO. 

Por fim, continue a se manter informado, adapte-se rapidamente e abrace o futuro do SEO para prosperar em seu mercado competitivo.

CONFIRA TAMBÉM