Arquitetura do site é fundamental para ranquear no Google

Entenda como a arquitetura do site afeta o posicionamento nos mecanismos de buscas e pode atrair mais visitantes.

Última atualização:

23 de novembro de 2023

Flávia Crizanto
Últimos posts por Flávia Crizanto (exibir todos)

Índice

    Flávia Crizanto
    Últimos posts por Flávia Crizanto (exibir todos)

    Se você é do tipo de pessoa que capricha na arrumação da casa quando vai receber uma visita, certamente vai entender a importância de investir na arquitetura de um site

    Há quem diga que o site é a vitrine de um negócio on-line. Mas, neste post, você vai descobrir que ele vai muito além disso. 

    A arquitetura de um site é capaz de guiar o caminho do visitante. Se a apresentação for agradável e a navegação intuitiva, você consegue prender a atenção dele. 

    Quanto mais tempo as pessoas ficam no seu site, melhor será a avaliação dos mecanismos de busca sobre ele. Dessa forma, a estrutura do site é um conceito básico de SEO e um dos fatores de ranqueamento no Google, sendo base para o desenvolvimento da otimização de sites.

    Se você quer atrair mais visibilidade e melhorar o posicionamento do seu site no Google, continue a leitura e entenda como criar uma boa arquitetura para as páginas pode ajudar.

    O que é arquitetura do site?

    Arquitetura do site, também conhecida como arquitetura da informação, trata-se de um conceito que se refere à forma como é construído um site. Normalmente, a página inicial (home) é a principal e as outras estão conectadas a ela através de links. Essa é a arquitetura básica de um site, como se fosse o esqueleto dele. 

    A ideia é que os conteúdos estejam conectados, facilitando a navegação dos usuários. Se o site apresenta um esquema bem definido de direcionamento, os mecanismos de busca conseguem fazer o rastreamento sobre as informações expostas de forma mais rápida. Assim, o site é categorizado e tem maior chance de aparecer nas buscas

    Sendo assim, a arquitetura do site está ligada ao trabalho de SEO técnico, que prevê otimizações para que o site seja indexado mais rapidamente e proporcione o funcionamento de toda a estratégia de SEO. 

    Por que a arquitetura do site é importante para sua empresa?

    O site de um negócio é fonte de informação para o público-alvo, ou seja, é através dele que os visitantes entram em contato com seus produtos ou serviços. Se a interface do site não valorizar a usabilidade da navegação, os possíveis clientes não terão acesso aos conteúdos oferecidos. 

    Portanto, a arquitetura do site precisa garantir a acessibilidade aos usuários e a interação com os produtos ou serviços. Quanto mais fácil for essa experiência, melhor será a satisfação do público. Esse fator pode impactar significativamente na relevância de uma marca frente aos mecanismos de busca, inclusive influenciar para o ranqueamento no Google.

    A estruturação do site reflete em muitas outras questões, favorecendo principalmente: 

    • Estrutura e hierarquização de URLs;
    • Menu de navegação;
    • Experiência do usuário; 
    • Ordenação de conteúdos mais relevantes;
    • Linkagem interna;
    • Tráfego orgânico.

    Além disso, uma boa sistematização de conteúdo torna os visitantes mais engajados, permanecendo mais tempo na página. Os mecanismos de busca veem essa prática com bons olhos e entendem que os conteúdos oferecidos naquele site são interessantes e relevantes.

    Como fazer arquitetura do site do jeito certo?

    Um site que apresenta uma boa arquitetura é aquele que valoriza a experiência do usuário. Então, existem algumas práticas de organização dos conteúdos que precisam ser seguidas. São elas: 

    Estrutura em cluster

    Além de organizar conteúdos em topic cluster, você pode basear a estrutura do seu site nesta estratégia.

    A estrutura do topic cluster consiste em conteúdo pilar, páginas satélites e linkagem interna. No caso da arquitetura do site de marketing digital, por exemplo, teríamos:exemplo de arquitetura do site em topic cluster

    Perceba que há uma hierarquia lógica e intuitiva, organizada em níveis, na qual as categorias e subcategorias se organizam em torno da página inicial. Fazendo um paralelo de nomenclaturas, temos:

    • Conteúdo pilar = página inicial
    • Páginas satélites = páginas de categorias e subcategorias
    • E a linkagem interna se mantém.

    Como mencionamos anteriormente, a página inicial é a principal, portanto, está no nível 1 e deve ser a única lá. As páginas de categoria (nível 2) devem estar todas ligadas à home, ou seja, precisam aparecer no menu inicial. Já as páginas de subcategoria (nível 3) fazem parte do agrupamento de conteúdo de um tópico específico dentro da respectiva categoria. E assim por diante: nível 4, nível 5 etc. Todos interligados por links internos.

    DICA: O ideal é que todas as páginas estejam a três cliques da página inicial, ou seja, recomenda-se criar subcategorias até o nível 4, se possível.

    Tópicos e palavras-chave

    Um dos primeiros passos para criar uma boa arquitetura do site é definir os tópicos de categoria e, assim, escolher as subcategorias. É como se o site fosse dividido em caixas organizadoras. 

    A definição dos tópicos deve ser feita por meio de uma pesquisa de palavras-chave e cada página deve estar otimizada para um termo específico. 

    Qual termo o seu público mais busca? Para quais termos a concorrência já está ranqueando? Qual palavra-chave possui as melhores oportunidades de ranquear no Google?

    Ao identificar os termos mais procurados dentro do nicho do seu site, é possível estabelecer uma hierarquia de conteúdo, com categorias mais amplas e subcategorias mais específicas. 

    Esses três termos são responsáveis por organizar os conteúdos de um site, seguindo um critério de proximidade de assunto. A ideia é facilitar a navegação pelos conteúdos de interesse dos usuários. 

    Por exemplo, se uma pessoa está a procura do serviço de link building, ela facilmente o encontrará em nosso exemplo pelo caminho: Home > Serviços > SEO off page > Link Building.

    O tópico da categoria em questão é “Serviços” e contém todos os serviços que a empresa oferece. Dentro dela, a pessoa pode selecionar a página “SEO off page” para conhecer as estratégias e, por fim, clicar em “Link Building” para mais informações sobre o serviço.

    CUIDADO COM A CANIBALIZAÇÃO! Esse processo ocorre quando duas ou mais páginas estão otimizadas para uma mesma keyword. Desse modo, uma página impede a outra de ranquear no Google para o termo em questão e nenhuma delas consegue performar bem.

    Por isso, tenha cuidado na hora de selecionar as palavras-chave e dividir os tópicos. Garanta que cada categoria criada é essencial para o seu negócio e será útil para seu público-alvo.

    Saiba como fazer uma pesquisa de palavras-chave estratégica.

    Hierarquia de URLs

    Como falamos, a arquitetura do site segue uma lógica de conexão entre as várias páginas dentro de um domínio. Por isso, as URLs apresentam uma hierarquia, como se houvesse a relação de uma página “mãe” para as subpáginas “filhas”

    No geral, uma URL amigável e organizada possui essa estrutura:

    nomedosite.com/categoria/subcategoria1

    Por exemplo, se você define a página “Serviços” como a mãe e a página “SEO off page” como filha, a URL será estruturada da seguinte forma: nomedosite.com/servicos/seo-off-page

    Essa ordenação precisa fazer sentido para a navegação, facilitando a jornada dos usuários pelo site e mostrar a relevância de cada tópico para os mecanismos de busca, como o Google e o Bing.

    Menu de navegação

    Toda a organização de um site é representada pelo menu de navegação, é como se fosse o pontapé inicial da arquitetura do site. Por isso, ele precisa ser objetivo e fácil de ser encontrado. Ele é um guia para o usuário, mostrando o que é possível acessar dentro do site. 

    O menu da Experta, por exemplo, contém todas as categorias em nível 2 visíveis em todas as páginas do site. Ao passar o mouse sobre uma categoria, é possível ver as subcategorias.

    print menu experta

    Na imagem acima, o mouse está sobre “Serviços” e a barra logo abaixo mostra quais são as subcategorias disponíveis: Link building, Digital PR, Gestão de blogs e SEO.

    Navegação estruturada

    É quando o site apresenta uma lógica sequencial na navegação, mostrando o caminho que os usuários precisam percorrer pelo site. Assim, os visitantes conseguem localizar as páginas de conteúdo de forma mais fácil, sem se perder entre as páginas e seções. 

    Por exemplo, vamos imaginar que você acesse uma livraria virtual em busca do livro “Harry Potter e a Câmara Secreta”, a trajetória de navegação seria: 

    Home > Literatura Estrangeira > Ficção Científica e Fantasia > Harry Potter e a Câmara Secreta.

    Não se esqueça de que toda página deve estar ligada a outra, sendo facilmente encontrada pelo usuário (o que também indica que mecanismos de busca a encontrarão com mais facilidade). Afinal, você não quer páginas escondidas que ninguém consiga acessar.

    Essas páginas escondidas são conhecidas como páginas órfãs e consistem em páginas que não possuem link em nenhuma parte da estrutura do site. Assim, só é possível acessá-la por meio de um link direto.

    Links internos

    Eles são parte essencial da estrutura em topic cluster, sendo os responsáveis pela organização da estrutura arquitetura do site. Como falamos, as páginas de um site apresentam uma rede de conexão, no entanto, é preciso estimular o direcionamento e facilitar a navegação entre elas. 

    A linkagem interna também proporciona uma boa experiência aos usuários, pois sugere conteúdos que também podem ser de seu interesse. Estes são chamados de links contextuais, são basicamente aqueles links internos que você encontra dentro deste artigo, por exemplo, que estão direcionado para outros blog posts, caso você queira saber mais sobre o assunto.

    Além disso, a construção de links internos ajuda os rastreadores a mapearem seu site e indexar novas páginas mais rapidamente, isso porque os mecanismos de pesquisas seguem a navegação por esses links. Assim, outra vantagem de uma boa linkagem interna é justamente passar autoridade para outras páginas.

    Sitemap e HTML

    O HTML é uma linguagem em código para marcar a estrutura de uma página na web. Significa HiperText Markup Language (Linguagem de Marcação de Hipertexto). Todas as páginas na web precisam de códigos HTML para exibir os conteúdos, eles fazem parte da estrutura básica do site. É pela leitura do HTML que os mecanismos de busca conseguem compreender todo o conteúdo de uma página.

    Já o sitemap (mapa do site) consiste em uma lista de todas as páginas que você deseja que o Google ou o Bing localizem e indexem no seu banco de dados para classificação. Além disso, é uma forma concisa e prática de mostrar ao usuário tudo o que ele pode encontrar no seu site. Trata-se de uma versão mais visual da arquitetura do site.

    Apesar de o Google recomendar a criação de sitemaps apenas para sites com mais de 500 páginas, a maioria dos profissionais aconselha preparar um sitemap assim que você criar um site, a fim de manter a organização.

    Title

    É o título que aparece no código HTML, definindo sobre o que se trata uma página. Ele é essencial para que um conteúdo seja achado nas buscas, pois é exibido na página de resultados dos buscadores. O objetivo é que seja atrativo para aumentar as chances de clique.

    O que é experiência do usuário?

    A experiência do usuário diz respeito à jornada de navegação de um visitante em seu site. Por exemplo, ao receber uma visita, espera-se que ela permaneça no seu domínio por um tempo. Para isso, o usuário precisa se interessar pelo que está sendo exibido lá.

    A retenção da atenção dos usuários pode ocorrer devido a uma série de motivos relacionados à arquitetura do site, os principais deles são: 

    Visual atraente

    Um layout agradável e intuitivo melhora a impressão do usuário sobre o site. Isso acontece porque as informações são apresentadas de forma organizada, facilitando a navegação do usuário. 

    Conteúdos úteis

    São aqueles que conseguem ajudar e responder às dúvidas dos usuários. Por isso, a equipe de produção de conteúdo de uma agência de SEO deve focar na qualidade dos textos, com uma escrita que valorize a experiência dos leitores.

    Navegação intuitiva

    Acontece quando o usuário é direcionado na realização de ações dentro do site, sem precisar pensar muito para isso.

    Desempenho otimizado

    Um site não pode demorar muito para carregar uma página, imagens ou vídeos tanto em computadores quanto em dispositivos móveis. Isso compromete a experiência do usuário, fazendo com que ele abandone o site.

    Saiba mais sobre a Experiência do Usuário.

    Vantagens de uma boa arquitetura do site

    Até aqui, já foram apresentados inúmeros benefícios de promover uma boa arquitetura do site. Mas, provavelmente, a maior vantagem que ela oferece é a precaução de erros futuros na página. Se um site demonstra uma boa estrutura ao ser criado, dificilmente as atividades desenvolvidas dentro dele apresentarão problemas. 

    Isso acontece justamente por ser mais fácil identificar e localizar falhas em um site estruturado e organizado. Nesse sentido, a base da organização influencia positivamente em diversos outros pontos, como: 

    • SEO on page
    • Usabilidade do site; 
    • Manutenção da rede de links internos; 
    • Destaque de conteúdos importantes; 
    • Rastreamento;
    • Evita canibalização de palavras-chave. 

    Pensando nisso, criar a arquitetura do site é uma etapa que requer atenção, porque se a intenção é fazê-lo crescer na internet, a sua estrutura irá refletir em muitos outros processos, inclusive para garantir que ele seja encontrado.

    Faça a otimização do seu site com a Experta!

    Agora que você sabe como a arquitetura do site bem estruturada pode ser vantajosa para o seu negócio, invista em soluções completas em marketing digital.

    As técnicas de SEO são uma das formas mais eficazes para alcançar resultados no ranking das buscas. 

    A Experta é uma empresa especializada em SEO, link building e Digital PR. Com um time altamente capacitado, oferecemos as melhores soluções para sua empresa.

    CONFIRA TAMBÉM